9 riscos da desintegração da Petrobras para o Brasil

💪 A Petrobras foi criada para ser integrada, atuando em diferentes áreas do petróleo (exploração e produção, refino, transporte, distribuição, revenda etc.).

Isso garantia segurança energética ao Brasil, gerava desenvolvimento, aquecia a economia e promovia bem-estar social, dentre outros benefícios.

🚨 Porém, o Governo Bolsonaro quer que ela atue apenas na exploração, produção e venda do petróleo cru.

Confira pelo menos 9⃣ riscos que a desintegração da Petrobras trará ao Brasil:

1⃣ Enfraquecimento econômico

2⃣ Redução dos investimentos no país (que eram essenciais para aquecer a economia)

3⃣ Fim do desenvolvimento de ciência e tecnologias que tornaram o Brasil líder no segmento

4⃣ Fim da independência energética do Brasil – as refinarias (como a REGAP, em Minas Gerais) não serão usadas para garantir o abastecimento contínuo de todo o país

5⃣ Gás de cozinha e combustíveis cada vez mais caros (a desintegração eleva os custos de logística)

6⃣ Criação de monopólios privados – as refinarias privatizadas não competirão entre si devido à distância, e isso elevará os preços dos produtos

7⃣ A avaliação dos preços ficará por conta total do setor privado, que lucrará ainda mais às custas do povo

8⃣ Se o preço do petróleo cair demais (como ocorreu em 2020), e demorar para voltar ao normal, a Petrobras terá sérias dificuldades financeiras, já que os custos e riscos para atuar no Pré-sal são altíssimos

9⃣ O papel estatal da empresa será enfraquecido (ela será usada apenas para gerar lucros aos acionistas)

👉 A integração fortalece a Petrobras e o país, e é uma estratégia comum de gigantes petrolíferas em todo o mundo para manter a estabilidade financeira e o crescimento.

Não podemos deixar o governo ir na contramão. A Petrobras integrada é o melhor para Minas e para o Brasil! 🙌

#PetrobrasFicaEmMinas #Petrobras #PetrobrasFica #OPetróleoÉNosso #DefendaAPetrobras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *